Opinião: Geopolítica da semana

Posted by

30 Ago DOMINGO MINSK Duram há 4 semanas os protestos de dezenas de milhares de manifestantes na Bielorússia contra o Presidente Lukashenko, após a sua reeleição. A polícia de choque prendeu dezenas de manifestantes pró-democracia que não se deixaram intimidar e arriscaram a deslocação para a praça da Independência apesar das manifestações não estarem autorizadas. Vladimir Putin pretende ajudar Minsk, mas foi dizendo que a “rua” tem que ser ouvida.

31 Ago SEGUNDA LIECHTENSTEIN O principado abre guerra judicial com a República Checa para reclamar terras confiscadas após a II Guerra. O Liechtenstein apresentou uma queixa no Tribunal Europeu dos Direitos Humanos exigindo que a República Checa devolva territórios confiscados em 1945 após a II Guerra Mundial. Em causa está uma área com mais de 2.000 quilómetros quadrados – território doze vezes maior do que estado europeu do Liechtenstein.

01 Set TERÇA ANCARA Cresce a tensão entre a Grécia e a Turquia, dois países da NATO, no mar Mediterrâneo Oriental. Esta disputa deve-se às reservas de gás e petróleo existentes naquela zona muito perto de Chipre, onde o governo de Erdogan tem estacionado um navio de exploração. A Grécia exige a saída imediata do navio da plataforma continental onde tem direitos exclusivos. Os responsáveis da Nato já propuseram o diálogo entre as partes.

02 Set QUARTA PEQUIM O mais novo porta-aviões da China, o Shandong, da classe Kuznetsov, deixou o estaleiro para um último exercício aéreo. Trata-se do segundo porta-aviões da China, construído de raíz, carregado de Jatos de combate J-15 e helicópteros Z-18 e realizará os primeiros exercícios no mar de Bohai e Amarelo. O governo da China intensificou o treino nos últimos meses devido à tensão contínua com os EUA, no mar da China Meridional.

03 Set QUINTA BERLIM O governo da Alemanha garante que opositor de Vladimir Putin, Alexei Navalny foi envenenado com o agente químico Novichok. A substância detetada por laboratório militar alemão é a mesma que foi utilizada para envenenar o espião, no Reino Unido, Sergei Skripal, em 2018. Líderes europeus pedem explicações à Rússia e exigem que os responsáveis sejam levados à justiça. Navalny continua internado em coma num hospital alemão.

PREVISÃO  DA  SEMANA

> KoweitAs reservas de petróleo do Koweit estão a esgotar-se e o país não conseguirá continuar a pagar os salários dos funcionários. O aliado EUA ajudará…

> Podgorica – No Montenegro depois das eleições, os opositores pró-sérvios e pró-russos podem conseguir formar uma coligação. A NATO está preocupada…

> Kiev – O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, disse à Euronews, que terá de volta a Crimeia. Espera-se a reação da Rússia…

> Beirute – No centenário da criação do grande Líbano, Emmanuel Macron visita de novo aquele território. França com os olhos postos no Médio Oriente…

> Washington – O acordo entre Israel e os Emiratos Árabes Unidos, foi proporcionado por Trump, outros acordos virão a caminho no médio-oriente…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.