Figueira da Foz será o centro regional de ciclovias

Posted by

O troço da ciclovia entre a estação de comboios e a Fontela, que ligará a Figueira da Foz e Coimbra através de Montemor-o-Velho, foi inaugurado, ontem, pela ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, no Dia Europeu sem Carros. O processo do concurso para as restantes fases da obra, com uma extensão de 40 quilómetros nos três municípios do Baixo Mondego, está em fase de conclusão.
Entretanto, está a ser construída a ciclovia entre Viseu e a Figueira da Foz, passando por Coimbra, e o concurso da ciclovia europeia Eurovelo, que também atravessará território figueirense, deverá ser lançado em breve. No total, aquelas três vias dedicadas às bicicletas na área abrangida pela Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, promotora dos projetos, representam um investimento de 11 milhões de euros. As obras deverão ficar concluídas nos próximos quatro anos.
Ana Abrunhosa elogiou a aposta da Figueira da Foz na mobilidade suave, frisando que, entre ciclovias e vias cicláveis, a cidade tem uma oferta “invejável”. Mas o presidente da câmara, Carlos Monteiro, quer alargar o conceito ao rio, com embarcações elétricas para transporte de passageiros e bicicletas entre as duas margens da foz do Mondego. O primeiro barco (poderão ser dois), com painéis fotovoltaicos e capacidade para 45 lugares, custa cerca de 500 mil euros.

Notícia completa na edição impressa de hoje

One Comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.