Bicicletas partilhadas com novas zonas de cobertura na Figueira da Foz

Posted by

O sistema municipal de bicicletas partilhadas Figas, criado em janeiro deste ano, alargou as zonas de cobertura, para responder à procura de novas rotas. As novas áreas de funcionamento de comunicações e monitorização dos velocípedes são o troço da ciclovia urbana entre a estação de comboios e Vila Verde e a Serra da Boa Viagem.
Sem esta medida, a empresa que gere as Figas não conseguia monitorizar as bicicletas, o que implicava não garantir assistência técnica, por falta de cobertura de comunicações. Os velocípedes estão equipados com sistemas remotos que permitem seguir, em tempo real, os percursos e o tipo de utilização dada àquele meio de transporte.
A central que monitoriza as bicicletas recebe outras informações úteis, como o tempo de inatividade, avarias ou tipo de utilização. A título de exemplo, apurou o DIÁRIO AS BEIRAS, um utilizador desceu escadas e exibiu o seu lado de ciclista radical no parque de skate de Buarcos, utilizando uma bicicleta de estrada e violando as normas de utilização. Foi “denunciado” pelos sensores e pelo sistema de comunicações, que transmitiram a informação à empresa que gere e faz a manutenção das Figas.

Autarquia quer reforçar a frota
A taxa de utilização tem superado as expetativas, com exceção dos meses de março e abril, por causa do confinamento. Devido ao aumento da procura, a Câmara da Figueira da Foz deverá aumentar o número de bicicletas e estações de recolha e entrega, adiantou a autarquia ao DIÁRIO AS BEIRAS. Neste momento, estão disponíveis 40 velocípedes com motor elétrico e outros 25 sem motor.

Notícia completa na edição impressa de hoje

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.