Basquetebol: Académica preparada para lutar pela subida à Liga Profissional

Posted by

DR-AAC Basquetebol

Académica e CD Póvoa iniciam amanhã (20H30), no Pavilhão Multidesportos Mário Mexia, em Coimbra, a luta pela subida ao principal escalão do basquetebol masculino português, a Liga Profissional.
Num duplo embate entre equipas que disputaram a Proliga na época transata, o apuramento de subida à Liga, cujo segundo jogo decorre na Póvoa de Varzim no domingo, às 15H00, marca o regresso das emoções do basquetebol nacional aos pavilhões.
Com o público distante dos triplos, dos afundanços ou dos bloqueios, os dois embates podem ser acompanhados pela televisão da Federação Portuguesa de Basquetebol (FPB), a FPB TV (fpbtv.pt ou no canal da FPB no Youtube).
Desde 2013 que a formação de Coimbra está afastada da Liga e o objetivo dos estudantes no confronto com o conjunto poveiro é claro: conseguir a subida.
“Estou a sentir a equipa em boa condição, animada e otimista”, destacou o presidente da Secção de Basquetebol da Académica (SB/AAC), João Frazão.
“O vencedor terá condições para uma boa participação na Liga. Acredito que vamos passar esta eliminatória”, frisou o dirigente, que vai recandidatar-se a novo mandato à frente da direção da SB/AAC no ato eleitoral que decorre a 7 de outubro.
A logística para um jogo sem público e que terá de seguir várias normas da DGS tem obrigado a um esforço suplementar. “. Falamos de uma organização exigente e, embora sendo amadores, conseguimos trabalhar de uma forma muito profissional”, enalteceu João Frazão.

Equipa “entusiasmada”
A formação da Académica, que continua sem contar com o poste maliano Bakary Konate, ainda em quarentena e à espera de um resultado negativo à presença de covid-19, está entusiasmada com os embates frente ao CD Póvoa.
“A equipa está entusiasmada e os rapazes motivados. Estamos preparados para defrontar o CD Póvoa”, garantiu o treinador dos estudantes, Ivo Rego.
A dimensão física e a rotação das equipas vai influenciar o desfecho da eliminatória. “A dimensão física no jogo será preponderante. Conseguimos algumas contratações que nos permitiram melhorar o jogo interior e exterior. Acredito, também, que temos uma ligeira vantagem na rotação de banco, pois temos mais soluções. O segredo vai estar na forma de gerir a equipa no dois jogos”, confidenciou Ivo Rego.

Pode ler a notícia completa na edição impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.