Universidade de Coimbra regista menos 81% de turistas no primeiro semestre

FOTO DR

A Universidade de Coimbra registou uma quebra de 81 por cento no número de visitantes no primeiro semestre do ano. Segundo a instituição, o mês de janeiro foi bastante positivo (aumento de 11 por cento em relação a igual período do ano passado), mas a partir daí foi sempre a descer: em fevereiro, houve menos dois por cento de visitantes e em março a descida foi de 79 por cento.
Para este valor, segundo a Universidade de Coimbra, terá contribuído o facto do circuito turístico ter encerrado ao público no dia 10 de março. Um fecho que durou mais de dois meses, pois só foi possível reabrir no dia 22 de maio. Nestes 10 dias, visitaram apenas a Universidade de Coimbra 0,2 por cento do número de turistas em comparação com igual mês de 2019.
No mês de junho, a quebra do número de visitantes foi de 96,4 por cento. Em termos globais, e olhando para o número de turistas nos primeiros seis meses do ano passado e igual período deste ano, há a registar uma descida de 81,2 por cento.
Segundo os dados da instituição, que foram solicitados pelo DIÁRIO AS BEIRAS, a tendência de descida mantém-se no mês de julho. Nesse período, e apesar das contas ainda não estarem fechadas, a redução foi da ordem dos 88 por cento.

Plano futuro “em breve”
“Em março de um dia para o outro passámos para zero e esse panorama manteve-se até final de maio. A quebra na faturação foi muito significativa. Os números no que diz respeito às visitas dos públicos chinês e brasileiro, que chegavam em massa todos os dias, caíram a pique”, adianta Luís Simões da Silva, vice-reitor da UC, com o pelouro do Turismo. Ao DIÁRIO AS BEIRAS, o responsável assegura que a Reitoria tem um plano “bem definido e traçado” para fazer face a esta conjuntura desfavorável.

Notícia completa na edição impressa de hoje

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.