Futebol de praia: AD Buarcos 2017 a preparar o arranque do nacional

DR

Pela quarta época consecutiva, desde a fundação, a AD Buarcos 2017 prepara-se para disputar mais um Campeonato Nacional, sempre com os olhos postos nos primeiros lugares.
Os treinos arrancaram a 4 de julho, “sempre com as medidas de segurança” impostas pelo contexto da pandemia, “sem banhos nem balneários, e com os jogadores a terem de lavar os seus equipamentos em casa, ao contrário do que é habitual”. Primeiro “só com treinos mais individuais”. Entretanto já deu para começar os treinos coletivos, “mas a ausência de banhos e lavagens de equipamentos mantêm-se”, explicou, ao DIÁRIO AS BEIRAS, Ruca Camegim, treinador da turma buarqueira.
O início do campeonato está agendado para o dia 22, mas, até lá, ainda falta definir onde, e em que moldes decorrerão os jogos. “Ainda não sabemos se vamos ficar inseridos na zona Centro ou Norte”, admite o treinador, ainda que sem grande preocupação. “Vamos sempre ter de jogar contra os melhores, na primeira ou segunda fase. Na zona de Leiria temos Os Nazarenos – antigo BIR – ou o CB Caldas, e na zona Norte temos o Póvoa ou o Boavista, que são sempre equipas a evitar, mas não pensamos nisso”, diz.
Contra quem ainda não se sabe, nem onde serão os jogos. “Candidatámo-nos a receber aqui em Buarcos algumas etapas, com a Federação a impor a condição de que os jogos teriam de ser à porta fechada e a perguntar se teríamos condições para isso, porque sabem que o Buarcos leva sempre muita gente”, diz. Para já, ainda não está feita a calendarização.
Quanto a expetativas, essas são sempre “dar o melhor”. “Não conseguimos treinar à vontade – noutras alturas tínhamos sempre três meses de treinos e agora vamos chegar à competição com um mês e meio – nem sabemos como as outras equipas estão. Mas, quando chegar à altura esperamos estar no melhor possível”, diz Ruca Camegim.

Pode ler a notícia completa na edição impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.