PJ deteve ama ilegal suspeita de ter tentado matar bebé em Aveiro

Posted by

A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro deteve uma mulher de 37 anos suspeita de ter tentado matar um bebé de nove meses que estava à sua guarda, informou hoje aquele órgão de polícia criminal.

Em comunicado, a PJ refere que a detida está “fortemente” indiciada pelo crime de homicídio, na forma tentada.

“Trata-se de uma ama que exercia a atividade remunerada, mas de forma ilegal, na sua residência, situada numa das freguesias da periferia norte da cidade de Aveiro, sendo a vítima uma das crianças de quem cuidava, um bebé com nove meses de idade”, refere a mesma nota.

De acordo com os investigadores, a mulher terá abanado violentamente a criança, provocando-lhe lesões características da chamada síndrome do “bebé abanado”, que habitualmente está associada à irritação gerada pela impotência de suster o choro incessante de uma criança de tenra idade.

A PJ refere que a vítima deu entrada nas urgências hospitalares, nos primeiros dias do mês de julho, em estado “muito grave”, com um traumatismo craniano, tendo sido o diagnóstico da natureza das lesões que suscitou dúvidas aos médicos quanto à suposta origem acidental do evento que as causara.

“Para além disso, os demais exames clínicos realizados durante o internamento, que ainda se mantém, permitiram verificar a existência de lesões em diversas fases de evolução”, adianta a PJ.

A detida foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.