Opinião – O mundo a semana passada A GEOPOLÍTICA da semana

Posted by

19 Jul DOMINGO ISTAMBUL

O Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, determinou por decreto que a basílica de Santa Sofia, símbolo de Istambul, voltará a ser uma mesquita. Perdendo, assim, o seu estatuto de museu. Este facto, leva a uma maior islamização do país, invoca uma reconquista da soberania turca e é um ato nacionalista. É mais uma das intenções político-religiosas de Erdogan que terá repercussões na geoestratégia da região.

20 Jul SEGUNDA OXFORD

A vacina para o Covid-19 da equipa da Universidade de Oxford, na Europa, está já na iminência de apresentar os resultados dos ensaios. A empresa americana Moderna já apresentou os seus primeiros resultados. As vacinas experimentais ensaiadas em pessoas, chegaram a 23, em todo o mundo. O mundo aguarda com enorme expectativa uma vacina para o combate ao Coronavírus SARS-2, apontando para o final do primeiro semestre de 2021.

21 Jul TERÇA HOUSTON

Os EUA ordenaram o fecho do consulado de Houston da China, acusando aquele país de violações da soberania em território americano, nomeadamente para proteção dos interesses privados americanos. O governo chinês vai adotar uma resposta à altura, procedendo ao fecho de consulados americanos na China. O encerramento unilateral do consulado da China em Houston faz parte de uma escalada sem precedentes entre os dois países.

22 Jul QUARTA BRUXELAS

A União Europeia, numa reunião extraordinária do Conselho Europeu alcança um acordo histórico e fecha plano de 1,8 biliões de euros para responder à crise provocada pela pandemia. Após cinco dias de debate, os 27 conseguiram um acordo para o plano de recuperação económica cujo financiamento assenta na emissão de dívida conjunta. O plano levará à transformação da economia num sentido mais verde, inclusivo e digital.

23 Jul QUINTA NOVA DÉLI

A Índia e os Estados Unidos da América realizam exercícios militares conjuntos no Oceano Índico. Esta atividade militar acontece após os confrontos fronteiriços entre a China e a Índia. As operações militares aeronavais visam a defesa da Índia, e dos seus interesses e dos respetivos aliados na região. A marinha americana movimentou para a Baía de Bengala um conjunto significativo de navios, incluindo o porta-aviões USS Nimitz.

 

A OLHAR NA PRÓXIMA SEMANA

Taiwan – Os “encontros” no estreito de Taiwan e mar do sul da China, entre os EUA e a China, poderão levar acidentalmente a um confronto…

Cairo – Cresce a tensão entre o Egito, Etiópia e Sudão sobre a partilha da água do rio Nilo. estamos perante um conflito por causa da água…

Hong Kong – A Grã-Bretanha vai suspender o tratado de extradição com Hong Kong. A medida agravará o impasse diplomático entre Londres e Pequim…

Copenhaga – O secretário de estado Mike Pompeo visitou o seu homólogo na Dinamarca. Procura apoio da Europa contra “ameaça” da China…

Washington – O Presidente Trump muda de estratégia, prestando, agora, atenção à pandemia. Conseguirá recuperar nas sondagens…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.