Miranda do Corvo aplaudiu o seu herói caído em combate

A vila de Miranda do Corvo saiu ontem à rua para prestar a derradeira homenagem a José Augusto Fernandes.
Milhares de pessoas, entre familiares, amigos, elementos da Proteção Civil e governantes, marcaram presença no pavilhão do quartel dos Bombeiros Voluntários para se despedirem do chefe daquela corporação, falecido este sábado, na sequência de um incêndio na Serra da Lousã.
Nem o intenso calor afastou a comunidade que, ao final da tarde, acompanhou todo o percurso e cerimónia fúnebre, e aplaudiu o bombeiro, cujo caixão foi carregado pelos seus colegas da corporação.

Marcelo presente
e honras de Estado
Este último adeus justificou a presença de Marcelo Rebelo de Sousa. O Presidente da República, que, no final, não quis prestar declarações, deslocou-se a Miranda do Corvo, onde prestou homenagem e deu as condolências às pessoas mais próximas da vítima.
O chefe de Estado acompanhou todo o funeral, voltando para Lisboa apenas após o enterro.
Já o Governo fez-se representar por Eduardo Cabrita, ministro da Administração Interna. Vários presidentes de câmara da região Centro também fizeram questão de marcar presença.

Notícia completa na edição impressa de hoje

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.