Homem detido pela presumível autoria de focos de incêndio na Pampilhosa da Serra

Posted by

FOTO DB – ARQUIVO LUIS CARREGÃ

Um homem de 46 anos foi detido na Pampilhosa da Serra sob suspeita de ter ateado vários focos de incêndio florestal neste concelho, anunciou hoje a Polícia Judiciária.

Em comunicado, a PJ refere que, através da Diretoria do Centro e com a colaboração da GNR, deteve um pedreiro desempregado “pela presumível prática de cinco crimes de incêndio florestal”, na sexta-feira, entre as 20H00 e as 20H45, “no perímetro da área urbana da vila” da Pampilhosa da Serra, no distrito de Coimbra.

“O suspeito, com recurso a isqueiro, ateou cinco focos de incêndio em zona de misto de área urbana e florestal povoada com mato, pinheiros, eucaliptos e sobreiros”, adianta.

O fogo, que percorreu uma área de 300 m2, “teria proporções mais gravosas caso não tivesse havido uma rápida intervenção dos bombeiros”, de acordo com a nota.

“A atuação do suspeito colocou em perigo a integridade física e a vida de pessoas, habitações e grande mancha florestal”, sublinha.

O detido, segundo a PJ, vai ser presente a um primeiro interrogatório judicial “para aplicação das adequadas medidas” de coação.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.