Góis: Festival transfronteiriço de arte tem lugar no fim de semana

FOTO DR

Apesar de ter ponderado fazer uma interrupção este ano na organização do evento, por causa da pandemia, o Município de Góis decidiu mesmo levar a efeito – a 11 e 12 de julho – mais uma edição do Góis Oroso Arte. Trata-se de um certame de índole cultural com momentos de arte ao vivo, em vários locais da vila, quer no sábado, quer no domingo, incluindo uma exposição coletiva. Vai estar patente nas galerias da Casa do Artista até 13 de agosto, com obras de 70 artistas de várias nacionalidades.
“Assinalamos a 24.ª edição do certame, mas não vamos ter muitos convidados, pois temos que respeitar as questões do distanciamento”, ressalvou Lurdes Castanheira, acrescentando que, “uma vez que a exposição decorre até ao final de julho, as pessoas vão ter mais oportunidades para a visitar”.

Artistas foram convidados
Constatando que “temos bastantes obras”, a presidente da Câmara de Góis explicou que os artistas participaram “só por convite”, uma vez que “atendendo à situação, não nos interessava ter muitos participantes que nos obrigasse a rejeitar inscrições”, esclareceu.
Com dezenas de obras, entre pintura, escultura, fotografia e instalação”, a mostra vai ser inaugurada no sábado, pelas 19H00, sob coordenação de uma comissão organizadora dirigida pelo escultor galego Armando Martinez, que participa no evento desde que este iniciou.

Notícia completa nas edições impressa e digital

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.