Covid-19: Município da Lousã cria conselho consultivo para recuperar da pandemia

Posted by

FOTO DR

O município da Lousã criou um Conselho Consultivo Estratégico para a Recuperação da Pandemia (CCERP), que deverá aconselhar o executivo quanto às medidas a tomar nesta área, foi hoje anunciado.

Em comunicado, a Câmara Municipal informa que caberá ao novo órgão “a análise e recomendação de medidas para (…) implementar a melhor resposta aos diversos desafios originados pela pandemia da covid-19 e delinear estratégias no âmbito do desenvolvimento socioeconómico” do concelho, no distrito de Coimbra.

A primeira reunião do CCERP realizou-se na quarta-feira, na Biblioteca Municipal Comendador Montenegro, com o objetivo de “explicar o funcionamento deste órgão e recolher contributos” para a sua futura intervenção.

Na nota, a autarquia, presidida por Luís Antunes, realça “o caráter inovador” do conselho consultivo “pela pertinência e pela necessidade cada vez maior de trabalho em rede, entre a autarquia, agentes económicos, instituições sociais e organismos regionais”.

“A criação deste importante órgão de apoio tem também como objetivo continuar a implementar mais instrumentos e medidas que contribuam para a revitalização económica e social do concelho”, refere Luís Antunes, citado no texto.

Na reunião de quarta-feira, estiveram representadas as seguintes entidades: Câmara, Associação Empresarial Serra da Lousã, Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, Turismo do Centro, Direção Regional de Cultura do Centro, Universidade de Coimbra, Instituto Politécnico de Coimbra, Centro Distrital de Segurança Social, Instituto de Emprego e Formação Profissional, Agrupamento de Escolas da Lousã, Escola Profissional da Lousã, Misericórdia da Lousã e Associação para a Recuperação de Cidadãos Inadaptados da Lousã (ARCIL).

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.