Cinco anos de pena suspensa por vendas falsas no OLX

FOTO ARQUIVO

Um burlão, de 51 anos, que criava anúncios falsos de venda de iphones em vários sites, a maioria no OLX, foi ontem condenado a cinco anos de pena suspensa bem como a uma perda ampliada de bens de 175 mil euros.
O arguido era acusado de dez crimes de burla qualificada consumada e dois na forma tentada, e um crime de branqueamento de capitais, por criar anúncios falsos de venda de telemóveis iphone online.
Apesar de ter feito uma confissão integral e sem reservas dos factos, o homem tem antecedentes criminais de burla, notou o presidente do coletivo de juízes, João Ferreira, considerando que mais do que os valores (o máximo é de 250 euros numa venda), está em causa a forma reiterada como foi praticada.
“Estamos perante uma ideia de modo de vida”, afirmou, salientando que o estilo de vida do arguido era “suportado por este tipo de crimes”.
Apesar disso, face à confissão integral dos factos presentes na acusação e por ter pago a maioria dos valores que estavam em causa (um total de 1.445 euros nas burlas consumadas que foram a julgamento), o Tribunal de Coimbra decidiu aplicar uma atenuação especial da pena, que levou a um cúmulo jurídico de cinco anos de prisão, suspensa na sua execução, sustentou o juiz João Ferreira.
O arguido vai estar sujeito a um regime de prova e a garantir que paga todo o valor em causa nas burlas efetuadas, acrescentou.

Notícia completa na edição impressa de hoje

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.