Atletas correm em serras portuguesas para ajudar crianças doentes

Posted by

Facebook Serras Solidárias

Um grupo de 10 atletas portugueses de corridas de trail está a realizar cinco maratonas em cinco serras nacionais, no âmbito de uma ação solidária que pretende ajudar 25 crianças com doenças raras, problemas oncológicos e paralisias.

Iniciada na quarta-feira na serra da Estrela, a iniciativa já percorreu as serras da Lousã e da Freita, faltando apenas “pisar” a serra do Marão, no sábado, e a serra do Gerês, no domingo, onde termina o percurso de 210 quilómetros (km), após trajetos de 42 km por dia.

Em declarações à agência Lusa, a organizadora do projeto “Serras Solidárias” Mariana Sousa Bôto explicou que a “aventura solidária” tem como objetivo angariar verbas para apoiar os tratamentos de crianças do concelho de Espinho, no distrito de Aveiro.

“O principal objetivo deste projeto é colocar o foco em cima da Associação Espinho Solidário e destas 25 crianças, que são apoiadas pelo projeto, e mostrar que um dia ficaram com os tratamentos suspensos, portanto, agora têm de os retomar com toda a força”, salientou.

De acordo com a organização, o apoio estende-se também à reabilitação das crianças, a questões logísticas, equipamentos e alimentação, através da Associação Espinho Solidário com Famílias e Crianças Desfavorecidas (AESFCD), que apoia as famílias e crianças.

“Precisamos de angariar verbas para também podermos fornecer os tratamentos adequados […] e mais material, para distribuir pelas clínicas onde estas 25 crianças efetuam os tratamentos”, disse Mariana Sousa Bôto.

Até ao dia 22 de julho, o projeto “Serras Solidárias” tinham angariado mais de seis mil euros, através das vendas de camisolas, da angariação de fundos no Facebook e de donativos feitos por transferência bancária.

“Na segunda-feira, vamos publicar os valores que angariarmos até então, porque acreditamos que, nos últimos cinco dias, isto vai mexer um bocadinho mais e que vamos conseguir angariar mais dinheiro para estas crianças”, realçou a organizadora.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.