Agressor da filha chegou a apontar-lhe uma pistola para roubar o computador

O pai de uma jovem de 15 anos foi identificado como agressor da própria filha, chegando a apontar-lhe uma pistola, para se apoderar do computador que a rapariga tinha na sua posse, fornecido pela escola para prosseguir os estudos.
O caso foi desvendado em Montemor-o-Velho, anteontem, pelo Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) da GNR de Coimbra, no cumprimento de um mandado de busca domiciliária e de um mandado de busca aos veículos utilizados pelo agressor, num processo classificado como de “crime de violência doméstica”.
A investigação levada a cabo culminou com a apreensão de duas armas.
Trata-se de uma arma de ar comprimido, com características alteradas, assemelhando-se a uma reprodução de arma de fogo, uma catana e duas caixas de chumbos.

 

Notícia completa na edição impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS de 03/07/2020

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.