Web Summit 2020 pode ter estúdio em Coimbra

O cofundador e presidente executivo da Web Summit, Peddy Cosgrave, disse esta quarta-feira que a próxima edição desta cimeira tecnológica poderá envolver mais cidades portuguesas para além Lisboa, adianta a edição online do Jornal Económico. O empreendedor irlandês adiantou assumiu que, apesar de não conseguir confirmar o número de pessoas que poderão assistir presencialmente ao evento, dará novidades em outubro consoante os protocolos de segurança pública em vigor.

“Uma das coisas nas quais estou a pensar é fazer um estúdio noutras cidades em Portugal. Porto, Coimbra, Faro… Fazer alguma coisa em simultâneo por Portugal e mostrar um bocadinho de Portugal ao mundo. Ao longo dos últimos anos, o foco tem sido muito em Lisboa, o que é fantástico para Lisboa, mas acho que o mundo devia saber que há mais de Portugal do que Lisboa. Há ilhas incríveis também. Estamos realmente a pensar nisso”, afirmou Paddy Cosgrave, citado pelo Jornal Económico, em conferência de imprensa, naquele que é o segundo dia do Collision from Home.

O CEO da Web Summit revelou ainda que, pela primeira vez, haverá um palco chamado “Portugal” e “um canal dedicado a entrevistas a empresários e fundadores de startups portuguesas ou mesmo investigadores e académicos nacionais”, refere a notícia do Jornal Económico. “É muito importante nesta altura, para ajudar a erguer o país”, frisou, em declarações aos jornalistas através de videoconferência.

Quando questionado sobre que subsídios a Collision from Home recebeu dos governos do Canadá, Ontário e Toronto, depois de a autarquia de Lisboa ter alegadamente concordado em pagar 12,7 milhões de euros anuais para receber a Web Summit, Paddy Cosgrave recusou-se a responder.

A organização da Web Summit informou esta manhã que o evento deste ano realizar-se-á entre os dias 2 e 4 de dezembro, com uma parte presencial e outra online. A cimeira continuará a ser na Altice Arena, no Parque das Nações, com transmissão em direto das conferências mas haverá momentos gravados a partir de “outros estúdios, noutras cidades do país”.

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.