Militares de Engenharia preparam abertura da época balnear na Praia de Mira

Posted by

FOTO DR

O arranque do verão na praia de Mira conta com a ajuda do Regimento de Engenharia de Espinho, que está a usar máquinas militares para limpar o areal, cuja área vigiada cresceu para 1.200 metros.

A utilização das máquinas militares é feita ao abrigo de um protocolo de 2015 celebrado entre a autarquia e o Regimento, que todos os anos tem permitido limpar o areal e mais de 40 quilómetros de cursos de água em todo o concelho, prevenindo a ocorrência de cheias.

“O trabalho desenvolvido em anos anteriores deixou-nos muito satisfeitos, dada a forma exemplar como estes elementos têm desenvolvido este trabalho muito importante para o nosso concelho” refere o presidente da autarquia”, Raul Almeida, lembrando que este “é um ano especial” devido às limitações impostas pelo combate à pandemia covid-19.

Este ano, excecionalmente, devido aos constrangimentos associados à pandemia, a Agência Portuguesa do Ambiente definiu, para as praias da região Centro, a abertura da época balnear no dia 20 de junho.

Por esse motivo, a extensão de areal vigiado pelas autoridades marítimas na Praia de Mira cresceu de 800 para 1.200 metros, de maneira a que os banhistas consigam manter as normas recomendadas de distanciamento físico.

O alargamento da vigilância da praia, única no mundo a receber a Bandeira Azul desde a criação do galardão, em 1987, fez-se para sul, acompanhando o novo passadiço de 800 metros, que já está a ser utilizado pelos banhistas.

A nova extensão de praia vigiada dispõe de um posto salva-vidas e o apoio de um bar que já existe junto ao molhe, com novos pontos de acesso para além da avenida marginal e estacionamento do Lago do Mar.

O passadiço representou um investimento de 145 mil euros financiado em 85% por fundos comunitários, através do POSEUR (Programa Operacional Sustentabilidade Eficiência e Uso de Recursos) do Portugal 2020.

Os homens e as máquinas do RE3 são uma presença habitual em Mira, uma vez que, entre setembro de 2014 e outubro de 2015, o Regimento manteve no concelho um Destacamento de Engenharia com um efetivo de um sargento de vias de comunicação, três praças Operadores de Equipamento Pesado de Engenharia e um condutor, bem como um conjunto de equipamentos constituído por três escavadoras de lagartas e uma viatura tática média.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.