Covid-19: Fenprof denuncia que nem todos os jardins de infância cumprem regras

Posted by

DR

A Federação Nacional de Professores (Fenprof) denunciou hoje que alguns dos jardins de infância que voltaram a abrir portas não estão a cumprir as normas de segurança, adiantando que maioria das crianças não regressou.

No regresso das crianças do pré-escolar aos jardins de infância, a estrutura sindical alertou para casos em que as orientações dos ministérios da Educação e do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social não estão a ser cumpridas.

Um destes casos verificou-se num agrupamento de escolas, que a Fenprof não identifica, que duplicou o período de permanência das crianças na escola, com acompanhamento feito por educadoras de infância diferentes, entre o período da manhã e o período da tarde.

“Esta medida, aliada à não garantia de todos os equipamentos de proteção individual para todos os profissionais, contraria a orientação sanitária de que a criança não deve permanecer no estabelecimento por tempo superior ao estritamente necessário e merece a nossa veemente condenação do ponto de vista pedagógico”, alerta em comunicado.

A Fenprof denunciou ainda que uma autarquia, que também não identifica, decidiu encerrar jardins de infância para concentrar crianças em menos espaços, contrariando a orientação que estabelece, por outro lado, que os estabelecimentos se possam expandir para espaços inutilizados para maximizar o distanciamento entre as crianças.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.