Coimbra: “Covões tem de voltar a funcionar em pleno”