Coimbra: “Covões tem de voltar a funcionar em pleno”

Posted by

FOTO DB/PEDRO RAMOS

O relator da Comissão Parlamentar da Saúde para a petição “Devolver a autonomia ao Hospital dos Covões do Centro Hospitalar de Coimbra – Pelo direito ao acesso a cuidados de saúde de qualidade”, Maló de Abreu (PSD), afirmou ontem que é necessário recentrar a estratégia de posicionamento da cidade como “Capital da Saúde”.

No final de uma reunião com o novo Conselho de Administração do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) e uma visita às instalações do Hospital dos Covões, o parlamentar – que esteve acompanhado pelos deputados Tiago Estevão Martins (PS), Mónica Quintela (PSD), José Manuel Pureza (BE) e Ana Mesquita (PCP) – disse que essa estratégia passa obrigatoriamente pelo regresso à atividade forte do Hospital dos Covões no universo CHUC.

Maló de Abreu comparou mesmo o centro hospitalar a “um porta-aviões” com as “esquadrilhas, que têm de estar sempre em movimento” a serem o Hospital Pediátrico, o Polo principal, o Hospital Geral e as duas maternidades que estão em funcionamento. “Este hospital (Covões)tem de estar na máxima capacidade e em pleno funcionamento, mas sempre tendo em conta as responsabilidades que lhe são atribuídas”, afirmou.

Notícia completa nas edições impressa e digital

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.