Casino Figueira aposta na formação e na motivação

Posted by

O Casino Figueira reabriu na segunda-feira, dia 1 de junho, com regras sanitárias que tornam o espaço seguro. Foi o primeiro casino de Portugal continental a reabrir, mais de dois meses após o encerramento por causa do confinamento. A sala de jogos funciona com metade das máquinas e o uso da máscara é obrigatório.
Para poder ser um dos dois primeiros casinos a abrir (o outro foi o da Madeira), é porque fez o trabalho de casa, envolvendo os funcionários. De resto, durante o confinamento, a Sociedade Figueira Praia (SFP), titular da licença de jogo de Casino Figueira, nunca perdeu o contacto com os colaboradores e disponibilizou-lhes apoio psicológico.
Por outro lado, a empresa ministrou-lhes formação profissional online que, aliás, continua, este sábado, para melhorar a capacidade de resposta, nestes novos tempos que colocam desafios sem precedentes. A ação formativa deste fim de semana tem, ainda, em conta o aumento do número de clientes do Casino Figueira, que a partir da próxima semana deverá ser expressivo, devido aos feriados.

A mulher que liderou o processo
Teresa Mota assumiu o cargo de diretora do departamento de Recursos Humanos da Amorim Turismo no início do ano, tendo a sua base de trabalho no Casino Figueira. É titular de um vasto currículo, a nível nacional e internacional, mas nunca imaginou – ninguém imaginou – que iria experienciar algo parecido com aquilo que iria acontecer. No entanto, rapidamente foi elaborado um plano de contingência e resposta à nova situação.
Sempre em contacto com os trabalhadores, à distância, claro, mas com a proximidade que as novas tecnologias permitem, a missão de Teresa Mota foi fazer com os colaboradores sentissem que a empresa não se distanciou deles. Pelo contrário, aproximou-se ainda mais, num momento difícil para todos. Por outro lado, havia que manter a motivação e a ligação à empresa, não obstante as circunstâncias.

Canais de comunicação foram reforçados
Durante o confinamento, em simultâneo, Teresa Mota elaborou um plano específico para o regresso ao trabalho. Para o efeito, entre outras medidas, foi constituído o Comité de Gestão Covid-19, com o envolvimento dos diversos departamentos e auscultando os funcionários, “para melhor gestão e monitorização do regresso à atividade”.
“Esta pandemia foi um fenómeno global e sistémico e as empresas tiveram e de se posicionar face a isso”, sustentou Teresa Mota. O posicionamento do Casino Figueira em relação aos seus colaboradores foi o de “reforçar os canais de comunicação [on-line]”. Neste momento, com o Casino Figueira aberto, as atenções concentram-se no cumprimento das novas normas e garantir um serviço de qualidade.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.