Propostas da oposição aprovadas por unanimidade

Posted by

FOTO DB/JOT’ALVES

A proposta conjunta de Carlos Tenreiro e Miguel Babo e a proposta individual de Ricardo Silva, vereadores eleitos pelo PSD (os dois primeiros com a confiança política retirada pelo partido, há um ano e meio) sobre medidas de mitigação do impacto económico e social da pandemia para consumidores domésticos e empresariais de água foram aprovadas por unanimidade.
Todavia, para que o resultado da votação fosse aquele, os proponentes aceitaram as contrapropostas apresentadas pela maioria socialista, acabando por ir a votos uma proposta única apresentada pela câmara, sem omitir os seus autores. Os benefícios para as empresas apenas abrangem aquelas que faturem até 150 mil euros por ano, que já estão isentas de Derrama. A proposta que Ricardo Silva apresentou foi uma nova versão daquela que viu ser reprovada na reunião anterior.
Por contraproposta do presidente da câmara, Carlos Monteiro, foram retirados os resíduos sólidos urbanos das isenções, uma vez que a autarquia já havia deliberado adiar, durante seis meses, a aplicação do novo tarifário, beneficiando os consumidores empresariais. Por outro lado, limitou a isenção da tarifa fixa a consumidores com salários baixos e que sofreram quebra de rendimentos de pelo menos um terço do vencimento na sequência da crise pandémica, incluindo-os no tarifário social, cujo fundo será duplicado, para 300 mil euros.

Notícia completa nas edições impressa e digital

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.