Obras de reparação das cheias de 2016 começaram em Santa Clara -a-Velha

Foto DB-Pedro Ramos

Depois de em novembro de 2019 ter sido anunciada a adjudicação de obras de conservação e restauro do Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, só agora foi possível arrancar com as obras, após obtenção do visto do Tribunal de Contas.
O valor anunciado é de 520 mil euros e contempla a recuperação de várias estruturas afetadas pelas inundações de 2016, incluindo o elevador panorâmico instalado ao lado dos vestígios arqueológicos, que nunca mais funcionou deste o alagamento do monumento. A confirmação foi dada ao DIÁRIO AS BEIRAS pelos serviços da Direção Regional de Cultura do Centro (DRCC).
A ministra da Cultura, Graça Fonseca, visitou ontem o mosteiro e o respetivo Centro Interpretativo, destacando dois objetivos: “as políticas públicas nesta área anteciparem o impacto das alterações climáticas no património que está exposto a estes fenómenos” e “que o património seja espaço de intervenção cultural”.

 

Notícia completa na edição impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS de 28/05/2020

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.