Comércio de Montemor procura reagir à crise

DB-Carlos Jorge Monteiro

Com 22 casos de covid-19 registados até ao dia de ontem, o concelho de Montemor-o-Velho está longe de figurar entre a lista dos municípios mais ameaçados pela pandemia.

Porém, como em todo o território nacional, Montemor foi obrigado a confinar-se durante um mês e meio e, naturalmente, também ali se verificaram os efeitos da economia estagnada.

Esta semana, o comércio e serviços puderam, por fim, abrir portas e, em Montemor, já há quem esteja a trabalhar de forma “normal”. Com as ruas bem mais vazias do que era habitual, os negócios vão despertando, devagar, e o próprio público começa a sair da toca, regressando a algumas rotinas.

Ontem, no centro da vila, uns aproveitaram a abertura dos estabelecimentos para comprar roupa, dar uma olhada pelas montras ou, claro, cortar o cabelo. Foi o caso de Carlos Jorge, ribatejano a residir em Montemor, que “já estava a precisar de um corte como deve ser”. “O importante é mantermos o distanciamento social. Se toda a gente respeitar esta condição, não fico com medo nenhum”, frisou o homem.

No largo da Feira, a loja RoupaMor voltou a abrir portas na passada segunda-feira, depois de ter estado encerrada desde 19 de março. “Temos cumprido as regras todas. Alguns clientes entram sem máscaras, são alertados, e acatam imediatamente. Não temos tido problemas”, conta a funcionária do espaço.

Mais perto da sede do concelho, a Papelaria Bento tem estado sempre a funcionar, muito direcionada para a venda de tabaco, revistas, jornais e… livros. “Temos vendido muitos livros. Tanto de ficção como livros de passatempos e jogos”, conta a responsável do negócio, destacando também a venda de material escolar, beneficiada pelo facto de as papelarias das escolas não estarem a funcionar.

Pode ler a reportagem completa na edição digital e impressa do Diário As Beiras

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.