Coimbra: Obras no muro da escola EB 2,3 de Ceira já começaram

Posted by

DB-Carlos Jorge Monteiro

As obras na barreira existente nas traseiras do Bloco A da Escola EB 2,3 de Ceira arrancaram no final da passada semana. Esta intervenção, programa pela Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE), irá durar três meses e permitirá repor as condições de segurança desta zona que cedeu no passado dia 20 de dezembro de 2019. Neste dia, e em consequência da depressão Elsa, a barreira cedeu e acabou por destruir os muros superior e inferior, bem como parte da vedação do estabelecimento de ensino.

O aluimento ocorreu numa área de drenagem de águas – que, conforme notícia publicada pelo DIÁRIO AS BEIRAS no passado dia 7 de janeiro já tinha sido alvo de uma intervenção de reforço, um ano antes –, ao mesmo tempo que obrigou a intervenção de emergência por parte da Proteção Civil para suster as terras.

Em declarações ao DIÁRIO AS BEIRAS, a diretora da escola, Amélia Pais, referiu que a queda da barreira aconteceu na tarde de 20 de dezembro, altura em que apenas estavam na escola alguns funcionários. “Nesse dia, as reuniões de notas estavam a ter lugar na nossa escola sede, a EB2,3 Alice Gouveia”, disse. O estrondo foi tal, recordou, que os funcionários acorreram ao local onde se depararam com um cenário pouco animador.

Pode ler a notícia completa na edição digital e impressa do Diário As Beiras

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.