Alunos do secundário regressam às escolas mas afastados do convívio

DR

As escolas da região estão preparadas para receber os alunos dos 11.º e 12.º anos no regresso às aulas presenciais a partir de segunda-feira. A garantia foi dada pela delegada regional de educação da DGEstE Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares, Cristina Oliveira.

“Está tudo a decorrer conforme o previsto e queremos transmitir esse espírito de tranquilidade”, disse a responsável.

“As escolas cumpriram as orientações: organizaram o seu espaço, adaptaram os horários, articularam os transportes públicos e já têm material de desinfeção e de proteção individual”, acrescentou. “Penso que não haverá problemas e, se houver, as soluções serão ajustadas ao longo da semana”, admitiu.

Os alunos que regressem na segunda-feira ao regime de aulas presenciais vão encontrar uma realidade diferente daquela que deixaram há dois meses.

De acordo com a orientação da Direção-Geral da Saúde (DGS), os alunos devem ser organizados por grupos para se cruzarem o menos possível no espaço escolar, usar sempre máscaras e desinfetar as mãos à entrada e saída da escola.

A cada grupo deve ser atribuída uma zona da escola e cada sala de aula deve ser usada pelo mesmo grupo de estudantes, para impedir a contaminação por covid-19.

Salas ventiladas
O distanciamento físico deve ser mantido fora e dentro da sala de aula, com as secretárias dispostas o mais possível junto das paredes e janelas, evitando que os alunos fiquem de frente uns para os outros.

As salas e outros espaços interiores usados pelos alunos devem ser ventilados, de preferência abrindo janelas e portas. Caso seja usado ar condicionado, deve optar-se pelo modo de extração e nunca pelo de recirculação do ar.

As atividades letivas devem decorrer, “preferencialmente”, entre as 10H00 e as 17H00, devendo as escolas criar horários desfasados entre as turmas, evitando, o mais possível, a concentração dos alunos, dos professores e do pessoal não docente no recinto escolar, bem como no período mais frequente das deslocações entre casa e escola.

Pode ler a notícia completa na edição digital e impressa do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.