IPN vai desenvolver robô social da Cáritas de Coimbra

Posted by

O Instituto Pedro Nunes (IPN) vai desenvolver o projeto do robô social criado pela Cáritas Diocesana de Coimbra. O “empréstimo”, segundo nota da instituição, tem em vista o desenvolvimento do “Hugo” de forma a que este projeto possa voltar a ser usado em breve pelos utentes da instituição.
Segundo o investigador principal João Quintas, esta ação permite neste momento que três organizações de referência de Coimbra trabalhem “numa mesma plataforma tecnológica, o que antevê potenciar o desenvolvimento e adoção deste tipo de tecnologias de ponta”. Já a gestora de projetos da Cáritas de Coimbra, Natália Machado, considera que o novo projeto vai “dar continuidade a um importante trabalho iniciado com o Growmeup: a investigação sobre robôs sociais nos cuidados de pessoas mais velhas”.

“A troca de experiências entre a academia, a indústria e organizações sociais tem dado excelentes resultados, pois teve como principal objetivo apoiar cidadãos com mais de 65 anos nas suas tarefas diárias. “Potenciar o diálogo entre a pessoa e o robô, alertas para toma de medicação, agendamento de atividades, estimulação da atividade física através de jogos ou de vídeos ou estimulação cognitiva através de jogos de memória foram algumas das potencialidades do robô social que foram testadas na Cáritas Diocesana de Coimbra”, refere a nota enviada pela instituição.

Notícia completa nas edições impressa e digital

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.