Instituto Miguel Torga estuda impacto psicológico, social e relacional da pandemia

FOTO DB/PEDRO RAMOS

Os docentes do Instituto Superior Miguel Torga (ISMT) na área da Psicologia Clínica estão a desenvolver estudos que permitem monitorizar a saúde psicológica dos indivíduos e das famílias, no âmbito de uma avaliação do impacto psicológico, relacional e social que a pandemia Covid-19 está a ter na população portuguesa.
Os estudos, que estão a ser realizados online, “focam os impactos na saúde mental e bem-estar psicológico dos indivíduos, os processos de funcionamento, a adaptação e resiliência das famílias, bem como fatores que podem contribuir para mitigar os efeitos e desafios da pandemia em que vivemos”, refere uma nota de imprensa da instituição de ensino.
Em curso estão três projetos diferentes – “Funcionamento e resiliência da família no contexto da pandemia Covid-19”; “Impacto psicológico da Covid-19 numa amostra da população portuguesa” e “Covid-19 – Vida em suspenso?”, orientados pelas investigadoras Joana Sequeira e Joana Carvalho, Sónia Simões e Marina Cunha, e que integram alunos de mestrado e outros docentes. Os envolvidos estão “a recolher informação sobre indicadores como o funcionamento e a resiliência familiar e individual, o coping, respostas de stresse, estados emocionais e outras variáveis individuais e sociofamiliares que podem influenciar as respostas psicológicas, comportamentais e relacionais à situação de pandemia”, esclarece o ISMT.

Notícia completa nas edições impressa e digital

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.