CIM Região de Coimbra tem mais 24 casos positivos e 652 infeções de covid-19

Posted by

A Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIM Região de Coimbra) tem esta quinta-feira 24 novos casos positivos de covid-19. No total, a CIM Região de Coimbra, que abarca 19 municípios (17 do distrito de Coimbra), um do distrito de Aveiro (Mealhada) e um do distrito  de Viseu (Mortágua) tem 652 casos positivos (ontem tinha 628).

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), ao início da tarde, Coimbra tem quatro novos casos. Em relação a quarta-feira, Coimbra tem mais quatro infeções, registando agora 376 infeções de covid-19 (ontem tinha 363). Condeixa-a-Nova é o segundo município, com 61 testes positivos de infeção do novo coronavírus (mais quatro que ontem), é mais o segundo município com mais casos na CIM Região de Coimbra.

Cantanhede e Lousã com quatro novos casos 

O terceiro concelho com maior número de infeções confirmadas pelo novo coronavírus é Cantanhede, que regista esta quinta-feira, segundo o boletim divulgado pela DGS, 43 infeções (ontem tinha 39). Tábua regista dois novos casos positivos, somando agora 34 pessoas infetadas pelo covid-19 (tinha 32 na quarta-feira). Hoje, o município da Lousã também apresenta mais quatro testes positivos, somando 12 infeções do novo covid-19.

Seis municípios com mais um infetado

Na CIM Região de Coimbra, há ainda mais seis concelhos que tiveram mais um caso positivo da presença do vírus SARS-CoV-2. Arganil tem agora sete casos positivos (ontem tinha seis), a Mealhada regista 14 infeções (tinha 13 na quarta-feira), Miranda do Corvo tem 13 resultados positivos (tinha 12), Oliveira do Hospital soma 12 pessoas infetadas (registava, na véspera, 11) e Soure tem 19 testes positivos, segundo a DGS, da presença do novo coravírus (tinha 18 na quarta-feira). Mira também tem mais um caso, totalizando, nesta quinta-feira, quatro infeções.

A Figueira da Foz (17 casos), Montemor-o-Velho (16 testes positivos), Penacova (13 pessoas infetadas), Góis (nove testes positivos), Mortágua (quatro casos confirmados), Penela (três testes positivos) e Vila Nova de Poaires (quatro casos confirmados), surgem no documento divulgado pela DGS com o mesmo número de casos que tinham na quarta-feira.

O município de Pampilhosa da Serra, embora tenha, pelo menos, um caso confirmado, é o único município da CIM Região de Coimbra que não consta no boletim epidemiológico divulgado pela DGS. De referir que a informação apresentada no boletim da DGS é referente ao total de notificações clínicas no sistema SINAVE, “correspondente a 83% dos casos confirmados”, pode ler-se no documento divulgado pela DGS (na quarta-feira era referido que os casos apresentados eram referentes a 81% das infeções confirmadas). Os dados por concelho de ocorrência são apresentados por ordem alfabética. “Quando os casos confirmados são inferiores a três, por motivos de confidencialidade, os dados não são apresentados”, refere ainda o boletim divuulgado diariamente pela DGS.

Total a nível nacional 

Portugal regista hoje 820 mortos associados à covid-19, mais 35 do que na quarta-feira, e 22.353 infetados (mais 371), indica o boletim epidemiológico divulgado hoje pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Comparando com os dados de quarta-feira, em que se registavam 785 mortos, hoje constatou-se um aumento percentual de 4,5%.

Relativamente ao número de casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus, os dados da DGS revelam que há mais 371 casos do que na terça-feira, representando uma subida de 1,7%.

A região Norte é a que regista o maior número de mortos (475), seguida da região Centro (179), de Lisboa e Vale Tejo (146), do Algarve (11), dos Açores (8) e do Alentejo, que regista um morto, adianta o relatório da situação epidemiológica, com dados atualizados até às 24H00 de quarta-feira. De referir que, na região Centro registam-se 3.084 testes positivos (mais 31 que ontem) e 179 óbitos (mais quatro que na quarta-feira).

O boletim da DGS pode ser consultado na seguinte ligação.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.