Coimbra: Centro Diagnóstico Móvel realizou todos os testes marcados

Posted by

FOTO DB/CARLOS JORGE MONTEIRO

O primeiro dia de funcionamento do Centro Diagnóstico Móvel (CDM) Covid-19 decorreu como era esperado pelos responsáveis. Os 50 inscritos pela Agenda-Covid-Test, gerida pela Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC), deslocaram-se ao edifício de apoio da Praça da Canção para, no interior de uma tenda, efetuar o respetivo exame de despistagem.
O procedimento no recinto é simples. Depois de descer a rampa situada junto à Ponte de Santa Clara, um agente da Polícia Municipal faz o primeiro controlo, sendo depois encaminhado para a entrada da tenda. Aqui chegado, outro agente da Polícia Municipal confirma, através da apresentação do Cartão do Cidadão, a inscrição naquela plataforma. Resta, então, aguardar pela chamada dos técnicos para estes procederem à retirada das amostras.
Neste local, o profissional de saúde retira, através de uma zaragatoa, amostras de produto nasal ou da parte posterior da garganta, ou de ambas as partes. As amostras biológicas são devidamente conservadas e acondicionadas para serem enviadas ao Laboratório da Universidade de Coimbra que analisa num período de tempo que não excede as 24H00. O resultado é enviado ao médico ou delegado de saúde que comunica esse mesmo resultado à pessoa testada.

Notícia completa nas edições impressa e digital

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.