Cantou-se a “Grândola” à janela na Figueira da Foz

Posted by

Foto: DB-J.A.

A pandemia não deixou celebrar nas ruas, mas foram vários os figueirenses que, esta tarde, pelas  15H00, cantaram “Grândola, vila morena”, à janela, com ou sem apoio de aparelhagem de som, porque, para eles, o 25 de Abril não pode estar de quarentena.

O jornalista e bloguer figueirense Rogério Neves e a mulher, Isabel Mendes, foram dos que não deixaram passar a efeméride ao lado e responderam ao apelo da Associação 25 de Abril, cantando a contrassenha da Revolução dos Cravos, à janela do apartamento, e exibindo a bandeira nacional .

Com o apoio de uma aparelhagem, o casal não desafinou com o “espírito de Abril”. Na vizinhança também se ouviu a canção de Zeca Afonso e viu-se a bandeira das “quinas”. “Ambos sabemos ver e analisar o que foi o antes e o depois do 25 Abril. Somos ativistas e defensores do 25 de Abril, desde a primeira hora”, afirmou Rogério Neves. Além disso, acrescentou: “Foi a seguir ao 25 de Abril que constituímos família”.

One Comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.