Autarquia da Figueira da Foz avança com a Quinta do Sal

Posted by

Foto: DB-J.A.

O salgado da Figueira da Foz é mais do que uma atividade económica com história. À volta das salinas cristalizam-se tradições e etnografia, um património imaterial que sustenta o processo de classificação do  complexo do Núcleo Museológico do Sal (NMS), que integra a salina municipal do Corredor da Cobra, e a candidatura a fundos internacionais para a criação da Quinta do Sal.

A Quinta do Sal. Trata-se é um projeto pedagógico inovador, com componente científica, do Centro Ciência Viva aplicado ao processo de produção do sal e ao empreendedorismo.

O projeto, além da autarquia figueirense e do Centro Ciência Viva, envolve a Universidade de Coimbra, o laboratório Marefoz, a Incubadora de Empresas da Figueira da Foz e associação de produtores de sal local.

Os países associados da União Europeia Noruega, Islândia e Liechtenstein contribuem até 75 por cento do investimento elegível (750 mil euros), caso a candidatura seja aprovada.

Notícia completa nas edições impressa e digital

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.