Opinião – Novo teatro?!

Posted by

A cidade necessita de um teatro municipal de média dimensão?

A nossa cidade precisa de um teatro de média dimensão? Direi que não precisa dessa estrutura em absoluto. Se não tivesse ardido o majestoso Teatro Príncipe, uma enorme perda arquitectónica e cultural, teríamos que o acarinhar e não permitir a sua degradação, podendo ser um dos ex-libris do município. O destino não o quis e hoje estamos perfeitamente servidos de casas de teatro na cidade e felizmente também em algumas freguesias.
O CAE tem espaço e condições mais do que suficientes e capazes para abrigar realizações teatrais. Tem é de socializar os seus preços, a fim de que todos tenham acesso à cultura, facilitado em termos de custos, não perturbando demais os orçamentos familiares que são, na sua esmagadora maioria, parcos para a satisfação de todas as necessidades das famílias. Mas o lazer e a cultura, de mãos dadas, são insubstituíveis na vida dos cidadãos e todos deverão poder aceder-lhes sem rebuços, designadamente económicos.
Ainda há poucos dias não assisti a uma realização Cultural, com letra graúda pois, por ter considerado exagerado o preço do bilhete. E não ganho o ordenado mínimo nem algo parecido. Mas a perda de rendimentos a que temos sido sujeitos, sem terem desaparecido responsabilidades a que se tem de acudir, complicaram as coisas e obrigam à tomada de opções. Foi o que fiz. Nem quero imaginar a frustração de alguns nossos concidadãos quando, uma vez após outra, se vêem arredados da fruição cultural por falta de disponibilidade financeira!
Um Povo que não se cultive é um triste Povo, daí que o “outro” achava que bastava saber ler e contar e mesmo assim só alguns. É mais facilmente manipulável e está de olhos fechados ao Mundo. Um Povo que não tem direito ao lazer, deprime-se, tem menos vontade de produzir, falta-lhe força anímica. Mas o grande patronato não enxerga tal coisa e reduz ao máximo que consegue o tempo com as famílias dos seus trabalhadores, muitos escravos da era moderna. Não é necessário um novo teatro, não! É necessário o alargamento universal das formas de cultura, entre estas a Arte de Talma!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.