Mealhada aprova subsídio de 30 mil euros para Fundação Mata do Bussaco

Posted by

FOTO DR

A Câmara da Mealhada aprovou hoje a atribuição de um subsídio de trinta mil euros à Fundação Mata do Bussaco, entidade que gere o conjunto florestal e de edifícios candidato a Património da Mundial da Unesco.

A atribuição do subsídio foi aprovada por unanimidade por maioria pelo executivo municipal presidido por Rui Marqueiro, no âmbito dos estatutos da Fundação, que tem como fonte de financiamento as receitas das bilheteiras, as comparticipações comunitárias em projetos, apoio de mecenas e da autarquia da Mealhada, que integra o conselho de gestão.

“Recorde-se que, de acordo com os estatutos da fundação (alínea A do artigo 14), “constituem receitas da FMB (…) a contribuição financeira anual concedida pela Câmara Municipal da Mealhada”, justifica a autarquia.

Só em 2019, mais de 250 mil pessoas visitaram a Mata do Bussaco, apesar dos estragos provocados pelo mau tempo, que levaram, até, ao seu encerramento temporário.

Com 105 hectares, a Mata Nacional do Buçaco foi plantada pela Ordem dos Carmelitas Descalços no século XVII, encontrando-se delimitada pelos muros erguidos pela ordem para limitar o acesso.

Para além da Mata centenária, o conjunto patrimonial do Bussaco, que foi declarado monumento nacional em 2017, apresenta um núcleo central formado pelo Palace Hotel do Bussaco (instalado desde 1917 num pavilhão de caça dos últimos reis de Portugal) e pelo Convento de Santa Cruz, a que se juntam as ermidas de habitação, as capelas de devoção e os Passos que compõem a Via-Sacra, a Cerca com as Portas, o Museu Militar e o monumento comemorativo da Batalha do Buçaco.

Os cruzeiros, as fontes (com destaque para a Fonte Fria com a sua monumental escadaria) e as cisternas, os miradouros e as casas florestais, compõem o vasto conjunto do património.

A Câmara da Mealhada anunciou também hoje ter aprovado um apoio de 30 mil euros ao Jardim de Infância de Sant’Ana para a compra de veículos ligeiros (nove lugares) para transporte de pessoas.

Na mesma reunião do executivo, foram também atribuídos 3.500 euros à Titulopolis – Associação Pro-Desenvolvimento, para a organização do Mundialito de Hóquei em Patins de Veteranos, de hoje a domingo, uma prova onde estarão presentes cerca de uma dezena de equipas de hóquei em patins, oriundas de vários pontos de Portugal, de Itália e de Espanha.

No âmbito do Fundo Extraordinário de Intervenção Social, a Câmara entregou ainda um subsídio de 2.265 euros a um munícipe afetado por um incêndio na freguesia da Vacariça, para reconstrução de um apoio agrícola e substituição de equipamentos e utensílios agrícolas.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.