Fundação ADFP disponibiliza duas unidades hoteleiras para apoio ao combate à Covid-19

Posted by

FOTO DR

A Fundação Assistência para o Desenvolvimento e Formação Profissional (ADFP) de Miranda do Corvo, no distrito de Coimbra, manifestou hoje a sua disponibilidade para ceder dois hotéis da instituição para ajudar no combate à pandemia da covid-19.

As duas unidades hoteleiras (Hotel Parque Serra da Lousã e Conímbriga Hotel), situadas em Miranda do Corvo e Condeixa-a-Nova, respetivamente, perfazem um total de 83 quartos que “ficam ao dispor do Governo”, refere a instituição, em comunicado enviado à agência Lusa.

A Fundação refere ainda que, em 27 de fevereiro, disponibilizou ao Governo “um hospital totalmente equipado, com o objetivo de combater a calamidade, mas que permanece fechado enquanto se instalam tendas nas proximidades”.

O Hospital Compaixão, propriedade da instituição, com 60 camas, foi concluído em 2019, mas ainda não abriu por falta de convenções com o Estado.

A unidade possui área de urgência, dois blocos operatórios e está equipada com tecnologia de última geração, desde ventiladores (quatro), TAC, Raio-X, ecografia e laboratório de imagiologia.

One Comment

  1. Isto significa que bastantes pessoas que vivem na rua poderão pernoitar nestas unidades, ao invés de continuarem na rua. Também estas pessoas constituem grupo de risco, não só porque a maior parte apresenta as mais variadas patologias físicas, como não estão a receber o provimento de alimentos de que necessitam desde que as equipas de rua deixaram de actuar como é habitual. Além de que também existe a possibilidade de contágio dos vários elementos das equipas de rua que continuam a distribuir refeições junto das pessoas sem-abrigo.

Responder a Caldeira Cancel

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.