Figueira da Foz: Moinhos de marés é público e deverá ser recuperado

Posted by

FOTO DR

O moinho de marés, no Alqueidão, com 12 mós, exemplar único na Península Ibérica, é público.

Havia dúvidas legais sobre se o imóvel pertencia aos proprietários de uma quinta ou se estava integrado no domínio público. A notícia foi avançada pelo presidente da autarquia, Carlos Monteiro, na reunião de câmara, anunciando que o município pretende recuperá-lo.
Carlos Monteiro respondia ao vereador da oposição Carlos Tenreiro, a propósito do processo de classificação do complexo do Núcleo Museológico do Sal e da casa típica de pescadores e uma embarcação de São Pedro (Ver edição de ontem).

O presidente da câmara acrescentou ainda que está em conversações com a administração da Quinta do Foja, na freguesia de Ferreira-a-Nova, tendo em vista a recuperação da capela de Santa Eulália, no Monte de Santa Eulália, sítio arqueológico classificado.

Notícia completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.