Danos no centro náutico de Montemor-o-Velho não impedem preparação olímpica

Posted by

Os danos sofridos pelo centro náutico de Montemor-o-Velho, distrito de Coimbra, nas cheias do Mondego, em dezembro, não impedem a preparação dos atletas olímpicos de canoagem, embora não nas condições ideais, disse hoje o vice-presidente da Federação.

Em conferência de imprensa conjunta com José Veríssimo, vice-presidente da autarquia do Baixo Mondego, Ricardo Machado frisou que apesar dos estragos provocados pela água – orçados, no total, em cerca de 577 mil euros – o centro náutico “tem as condições mínimas asseguradas” e a preparação olímpica “não será afetada”.

“O centro, neste momento, tem as condições mínimas. É óbvio que se forem ali ao ginásio conseguem encontrar facilmente ginásios com melhores condições de conforto e climatização. Dá para treinar, não é o ideal, mas nós sempre fomos conhecidos por conseguir fazer muito com pouco, estamos a tentar ajustar. Não é o ideal, mas sabemos que em breve irá ser reposta a normalidade e é isso que esperamos”, declarou o dirigente federativo da canoagem.

Embora o treino e a prática da modalidade no local onde os atletas nacionais de canoagem treinam regularmente tenha sido afetada após as inundações – dado, por exemplo, o centro náutico ter estado “sem eletricidade durante umas semanas” -, Ricardo Machado enfatizou que as condições mínimas de trabalho “foram asseguradas”.

“Foram deslocalizados alguns estágios e mantivemos aqui [em Montemor-o-Velho] aquilo que era fundamental”, afirmou.

O dirigente sustentou ainda que “independentemente da forma como correrem os Jogos Olímpicos” não existirão desculpas “por falta de condições de trabalho”.

Questão diferente diz respeito ao Campeonato do Mundo de Juniores e sub-23, agendado para decorrer em Montemor-o-Velho em 2021 e de cuja realização depende a concretização das obras de recuperação do centro náutico, que incidem, entre outras, sobre os pontões de acesso, vias de comunicações e equipamentos de apoio.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.