Covid-19: Primeiro caso detetado na Guarda

Posted by

DR

O Laboratório de Patologia Clínica da Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda confirmou hoje o primeiro caso positivo de doente infetado com o vírus da Covid-19.

“Trata-se de um homem com idade entre os 40 e os 50 anos, residente em Viseu, que regressou recentemente do estrangeiro. Esteve em Itália, França e Espanha”, refere a ULS da Guarda em comunicado hoje divulgado.

O doente infetado com o novo coronavírus “encontra-se internado no Serviço de Pneumologia do Hospital Sousa Martins”, na cidade da Guarda.

Desde o dia 02 de março, altura em o Hospital Sousa Martins foi indicado como hospital de “segunda linha”, foram feitos naquela unidade de saúde um total de “43 testes”.

“Nas últimas 24 horas foram feitos 08, destes, 07 deram negativo e confirma-se agora o primeiro caso positivo”, é ainda referido.

O Hospital Sousa Martins foi indicado como hospital de referência atendendo às condições adequadas de instalações, equipamentos existentes no denominado Pavilhão Novo, à capacitação do seu Laboratório de Patologia Clínica e ao reconhecimento da competência técnica e profissionalismo dos seus recursos humanos.

Segundo a nota da ULS, uma equipa multidisciplinar dedicada a esta situação e coordenada pelo diretor do Serviço de Pneumologia “não se tem poupado a esforços para dar a melhor resposta nesta obrigação nacional”.

A ULS/Guarda reitera a todos os seus utentes “que continuem a cumprir as boas práticas de higiene pessoal e dos espaços físicos e que, em caso de necessidade, antes de recorrerem a uma Unidade de Saúde se informem junto da SNS 24 através do 808 24 24 24 ou atendimento@sns24.gov.pt”.

O novo coronavírus responsável pela pandemia de Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 6.000 mortos em todo o mundo.

O número de infetados ronda as 160 mil pessoas, com casos registados em pelo menos 139 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 245 casos confirmados.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.