Covid-19: “Cadeia ativa” de contágio na Pedrulha

Posted by

Instalações do Centro Social e Paroquial da Pedrulha FOTO LUÍS CARREGÃ

A Direção-Geral da Saúde (DGS) confirmou o segundo caso de infeção por Covid-19 na Pedrulha, em Coimbra. A informação também já foi confirmada pela União de Freguesias de Coimbra que, no facebook, anunciou que “está a acompanhar a situação ao minuto e a tentar acompanhar os casos sociais que identificou ou nos foram reportados”.

Na mesma publicação é feito um apelo para que as pessoas fiquem em casa e sigam as recomendações da DGS. “À luz das recentes informações que nos chegam da Pedrulha ( identificação de uma cadeia ativa de contágio de Covid-19) reforçamos o apelo para que se mantenham em casa e que adoptem medidas de contenção nomeadamente desinfectando as mãos”.

Em declarações ao DIÁRIO AS BEIRAS, o presidente da União das Freguesias de Coimbra, João Francisco Campos, confirmou o segundo caso de Covid-19 na Pedrulha. “O Centro Social e Paroquial da Pedrulha está encerrado. Tivemos o segundo caso confirmado de contágio. O primeiro foi no dia 15, mas era uma pessoa de fora. A segunda pessoa é da Pedrulha”, disse o autarca.

“Está toda a gente de quarentena. Falamos de várias dezenas de pessoas, entre colaboradores e utentes”, adiantou João Francisco Campos. “O conselho que dou é para que as pessoas fiquem em casa, tomem as devidas precauções e tenham muito cuidado”, frisou o presidente da União das Freguesias de Coimbra. Ora, uma dirigente do centro afirmou, também, ao DIÁRIO AS BEIRAS, que o centro foi encerrado no passado dia 13 de março.

De acordo com o boletim diário da DGS há 137 casos confirmados na região Centro, que já registou quatro mortes.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.