Consórcio liderado pela Universidade da Beira Interior com 1 ME para setor agroindustrial

Posted by

FOTO DR

Um consórcio liderado pela Universidade da Beira Interior (UBI) vai contar com um financiamento de cerca de um milhão de euros para promover e estudar a sustentabilidade do setor agroindustrial, anunciou hoje aquela instituição da Covilhã, distrito de Castelo Branco.

Em nota de imprensa enviada à agência Lusa, a UBI explica que este consórcio visa contribuir para a qualificação de pequenas e médias empresas do setor agroindustrial, nomeadamente ao nível da adoção de soluções inovadoras e sustentáveis, que permitam aumentar a produtividade, eficácia e eficiência ao nível da indústria 4.0 e economia circular.

Com a denominação “S4Agro”, o projeto será desenvolvido numa colaboração entre seis instituições de ensino superior portuguesas e uma associação do setor agroindustrial, sendo que “consiste no desenvolvimento de estudos em várias temáticas associadas à sustentabilidade dos subsetores da indústria da carne, hortofrutícolas, produtos lácteos e de padaria de todo o país, mas sobretudo nas regiões do Norte, Centro e Alentejo, onde se localiza o maior número destas empresas”.

“Ao longo do projeto, as empresas vão ser apoiadas ao nível de boas práticas, na escolha e utilização de embalagens primárias e secundárias mais ecológicas e sustentáveis”, é referido.

Segundo a UBI, o estudo engloba um rastreio sobre os produtos das embalagens, no sentido de promover a melhoria da sustentabilidade.

Serão também analisadas questões da cibersegurança/ proteção do ambiente digital e a economia circular, além da identificação dos fatores críticos associados à redução e valorização de desperdícios.

“Tendo em conta que a inovação de base científica e tecnológica é cada vez mais um pilar da competitividade das empresas, o projeto visa também contribuir para esta área, divulgando e facilitando às empresas o acesso a processos de capacitação para a introdução de inovação nas várias áreas de desenvolvimento”, acrescenta.

Citado na nota de imprensa, o coordenador do projeto, Pedro Dinis Gaspar, docente do departamento de Engenharia Eletromecânica da UBI, sublinha a importância do projeto que deve contribuir para dar respostas a variadas questões, como quais são as embalagens mais ecológicas e sustentáveis, como as usar, como reduzir e valorizar os desperdícios ou como tornar mais seguro o ambiente digital da empresa, entre outras.

“Vamos, nesse sentido, propor soluções para que as empresas aumentem a sua produtividade, eficácia e, eficiência ao nível da indústria 4.0 e economia circular. Para as apoiar, vamos criar um conjunto de ferramentas de Tecnologia, Informação e Comunicação & Eletrónica (TICE), que vão ficar disponíveis, de livre acesso, para que qualquer interveniente as use para analisar a sua empresa e receber sugestões”, aponta o responsável.

O “S4Agro – Soluções Sustentáveis para o Setor Agroindustrial” tem um financiamento superior a um milhão de euros, no âmbito do COMPETE 2020, e vai ficar sediado no C-MAST – Centre for Mechanical and Aerospace Science and Technologies da UBI.

A execução física está prevista para abril e o consórcio é composto pela UBI, Universidade de Évora, Instituto Politécnico de Coimbra, Instituto Politécnico da Guarda, Instituto Politécnico de Leiria, Instituto Politécnico de Viana do Castelo e Associação do Cluster Agroindustrial do Centro (InovCluster).

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.