Opinião: A UC e o futuro. A Investigação e a Inovação no topo da pirâmide

Posted by

1. Os quatro pilares de orientação estratégica

Analiso cuidadosamente o Plano estratégico da UC 2019-23. Gosto do que vejo. Não resisto a transcrever algumas ideias fundamentais. Que permitam um conhecimento fundamentado dos leitores menos informados e pretendam ser esclarecidos. A UC está em profunda transformação. A assentar a sua actuação, ao longo do quadriénio, em 4 pilares fundamentais.
Os três primeiros são pilares nucleares. Porque constituem a sua força motriz; 1 ) Investigação e Inovação, 2 ) Ensino, 3 ) Desafios societais. Finalmente um ultimo pilar, 4 ) Internacionalização, que estará transversalmente presente em todo o funcionamento da UC.

2. Um “modelo de equilíbrio dinâmico” no terreno

Dos 3 pilares nucleares, o que à partida está no topo é a Investigação e Inovação. Constitui um pilar chave para que a UC assuma um papel decisivo enquanto agente dinamizador e transformador da vida dos cidadãos e da Sociedade, a começar pela Sociedade em que se insere.
Só dessa forma, como Universidade de Investigação e Inovação de ponta, a UC conseguirá alcançar a visão previamente traçada; “Uma Universidade global amplamente reconhecida internacionalmente”.
Onde a produção de conhecimento de elevada qualidade seja influenciadora do processo educativo/produtivo e do aumento da partilha de conhecimento com todo o Mundo. Ao pretender que a Investigação e a Inovação façam movimentar o Ensino e os desafios societais, também de forma recíproca, o desenvolvimento de qualquer um destes dois outros pilares “per si”, irá movimentar o da Investigação e Inovação. Ao fim e ao cabo um “modelo de equilíbrio dinâmico” que a UC está a colocar, de forma inteligente, esclarecida e determinada no terreno.

3. UC. Líder nacional na Investigação/Inovação

Poucos saberão e será por isso uma novidade de grande satisfação para muitos! Meus amigos, façam o favor de passar a palavra! A UC é a actualmente líder nacional nas áreas de Investigação e Inovação. Ocupa o lugar cimeiro entre todas as Instituições e empresas portuguesas, quer no número de patentes submetidas, quer na captação de fundos europeus, ao abrigo do Horizonte 2020. Em termos de eficácia, existem à partida, 5 áreas de actuação onde a “massa critica considerável” existente lhe permite apresentar oferta forte e diferenciada face aos desafios que o futuro lhe coloca. Em linha com o Horizon Europe e com a Agenda 2030 das Nações Unidas essas áreas são; 1 ) Saúde, 2 ) Clima, Energia e Mobilidade, 3 ) Recursos naturais, agroalimentar e Ambiente, 4 ) Digital, Industria e Espaço, 5 ) Património, Cultura e Sociedade inclusiva.

4. Investigação e Inovação virada para a sociedade

Conhecendo a sua força enorme e decisivamente empenhada numa maior abertura ao exterior, a UC começou bem o ano 2020. Ao anunciar dois projectos de enorme dimensão:
1 ) No mês passado, o primeiro Centro de estudo do envelhecimento, de Portugal e do Sul da Europa; o MIA (Instituto Multidisciplinar do envelhecimento), um investimento de 50 milhões de Euros. A entrar em funcionamento já em 2022.
2 ) O arranque do UC-Business ainda este ano, que pretende dinamizar a transferência de conhecimento e tecnologia da UC para as empresas. Não só no aumento da prestação de serviços especializados, mas também na captação de centros de competência de grandes empresas para Coimbra e sua Região, que tão necessárias são e há tanto tempo se têm vido a reclamar!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.