Município da Batalha exige descontos nas portagens da A19 como defesa do Mosteiro da Batalha

Posted by

 

DR

O Município da Batalha exigiu hoje descontos nas portagens da autoestrada 19 (A19) como medida de coesão ambiental e na defesa do Mosteiro Santa Maria da Vitória, que regista “sinais preocupantes de degradação” pelo tráfego de camiões.

A Câmara da Batalha, no distrito de Leiria, informa que enviou na quarta-feira um ofício à ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, pela “defesa do Mosteiro da Batalha, Património da Humanidade classificado pela UNESCO”, considerando que é “um imperativo nacional e fundamento para medidas de coesão social e cultural, exigindo assim igual tratamento na adoção de um regime de descontos do valor das portagem em vigor na autoestrada A19 (variante da Batalha)”.

Numa nota de imprensa, a Câmara acrescenta que aos descontos devem beneficiar, sobretudo, os “veículos pesados de mercadorias, como medida complementar aos projetos já desenvolvidos pelo Município, e para a minimização da forte pressão ambiental a que diariamente está sujeito o Mosteiro da Batalha”.

O autarca lembra ainda que “foram gastos milhões de euros numa alternativa rodoviária em nome da defesa do património que, afinal, não assegura a preservação do monumento”.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.