DGS regista já 52 casos suspeitos de infeção de coronavírus

Posted by

DR

A Direção-Geral da Saúde (DGS) registou 52 casos suspeitos de infeção, 16 dos quais ainda estavam em estudo na quinta-feira. Os restantes 36 casos suspeitos não se confirmaram, após testes negativos.

A resposta das autoridades portuguesas, garantiu, será proporcional à evolução do Covid-19 em Portugal, de forma a evitar “uma epidemia social, uma epidemia económica, uma epidemia do preconceito, e uma epidemia da má comunicação”.

“Numa primeira fase, com muitos poucos casos, os meios são proporcionais e adequados à fase em que estivermos”, sublinhou Graça Freitas, acrescentando que os meios e profissionais disponíveis serão reforçados à medida que o número de casos aumentar.

A diretora-geral da Saúde associou-se a uma campanha lançada hoje em Lisboa com o objetivo de desmistificar a relação entre a comunidade chinesa e o novo coronavírus.

O Covid-19, detetado em dezembro na China e que pode causar infeções respiratórias como pneumonia, provocou pelo menos 2.858 mortos e infetou mais de 83 mil pessoas, de acordo com dados reportados por meia centena de países e territórios.

Das pessoas infetadas, mais de 36 mil recuperaram.

A Organização Mundial de Saúde declarou o surto do Covid-19 como uma emergência de saúde pública internacional e alertou para uma eventual pandemia, após um aumento repentino de casos em Itália, Coreia do Sul e Irão.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.