Opinião: Vigiar a Figueira

Posted by

Concorda com a instalação de videovigilância na cidade?

Duvido muito da sua eficácia na Figueira da Foz. Isto porque assistimos, diariamente, à passividade total e completa das autoridades (PSP, GNR, fiscalização da câmara municipal, etc.), perante infrações que nos prejudicam a todos e que são bem visíveis

Concordo que haja videovigilância em zonas onde acontecem recorrentemente crimes contra pessoas e património. Duvido muito da sua eficácia na Figueira da Foz. Isto porque assistimos, diariamente, à passividade total e completa das autoridades (PSP, GNR, fiscalização da câmara municipal, etc.), perante infrações que nos prejudicam a todos e que são bem visíveis. Logo, poderá concluir-se que não adiantará muito colocar câmaras no Bairro Novo. Os carros vão continuar mal estacionados, em cima do passeio e na via pedonal, os vândalos noturnos irão pichar paredes e urinar nas portas das casas, acordar as pessoas com ruído desnecessário, etc.

Sabemos também que as pessoas ao saberem que estão a ser filmadas nem sempre mudam os seus comportamentos se daí não resultar uma punição. Isto é, filmar para depois não acontecer nada, vai levar à irrelevância da videovigilância. Esta será então somente útil em caso de crimes graves, raríssimos na Figueira, para testemunhar o que aconteceu. Vivemos numa cidade segura, apesar de eventos pontuais de alguma violência (tiroteio à porta de discoteca), do ponto de vista da criminalidade violenta.

Seria mais útil que a videovigilância fosse um meio para controlar crimes e infrações rodoviárias. Morre-se na estrada, há feridos graves, devido à negligência grosseira de condutores que sentem uma enorme impunidade. Ou ainda se a videovigilância ajudasse a prevenir incêndios, vigiando as matas e floresta, então sim seria produtiva. Assim, como está, a proposta de videovigilância irá provavelmente servir apenas para documentar aquilo que já sabemos, sem que haja um efeito real de prevenção de crimes ou infrações.

Podemos ainda pensar que a videovigilância é “chutar para canto” o problema de alguma desordem no espaço público. Muitos políticos usam a tecnologia para esconder a sua inépcia. Esta revela-se na incapacidade em aplicar leis e regulamentos, na desarticulação evidente entre forças policiais e o poder municipal.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.