Opinião: Dignidade e ambiente