Não pagamento de impostos vale pena de prisão

Posted by

FOTO DB/AA

Um casal de empresários foi ontem condenado a três anos e meio de prisão pela prática dos crimes de abuso de confiança fiscal e Segurança Social e um crime de frustração de créditos.

A pena fica suspensa por este período desde que os dois responsáveis por uma empresa de Coimbra – a quem foi decretada insolvência em agosto do ano passado – paguem ao tribunal uma multa mensal de 1.000 euros que irá ajudar a reduzir o montante da dívida da empresa junto da Autoridade Tributária e da Segurança Social.

A decisão do coletivo, presidido pelo juiz João Ferreira, teve em conta uma anterior condenação (pena de multa) dos mesmos arguidos pela prática dos mesmos crimes noutra empresa, onde foram também os responsáveis.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.