Divisão de Honra AFC: Carapinheirense não vacila e vence

DR

A 13ª jornada foi de azar para a equipa unionista, que se viu derrotada frente ao Carapinheirense (0-2), equipa experiente e um dos fortes candidatos à subida.

Um início de jogo pouco concentrado permitiu o primeiro golo da equipa comandada por Nuno Raquete que, em vantagem no marcador, soube gerir o jogo e o resultado e mostrou a razão de ser da sua classificação.

Os comandados de Tiago Felgar fizeram uma partida esforçada e criaram também algumas oportunidades de golo. Também o início da 2.ª parte foi aziago para a equipa da casa que, aos 50 minutos, sofreu o segundo golo.

Sem baixar os braços, lutaram até final e equilibraram o jogo nalgumas fases. Brandão (81’) podia ter amenizado o resultado mas desperdiçou soberana ocasião de golo.

Trabalho equilibrado da equipa de arbitragem, apenas com um lance polémico na área do Carapinheirense, em que os unionistas reclamaram grande penalidade sobre Mário Brito.

Pode ler a notícia na edição em papel desta segunda-feira, 13 de janeiro, do Diário As Beiras

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.