Dique provisoriamente reparado mas vala entupida assusta Ereira

FOTO JOSÉ LUIS SOUSA/LUSA

A designada vala de enxugo que passa ao lado da Ereira, no Baixo Mondego, está entupida de detritos e vegetação, em resultado das cheias do último Natal, o que praticamente impossibilita a normal circulação da água.

Esta situação deixa em alerta a população da aldeia, assustada com o que pode acontecer quando a chuva regressar neste inverno, provocando uma nova subida do rio Mondego.

O presidente de Junta de Freguesia da Ereira, Vasco Martins, identifica “um problema grave”, que é a falta de escoamento dos campos em redor: no caso da Ereira a água acumula-se há mais de 15 dias em frente à zona baixa da aldeia, mantendo cortado um acesso viário junto à praia fluvial.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.