Académica: Mais cinco, menos cinco, é para continuar a ganhar na Amoreira

A Académica deu ontem início à semana de preparação do próximo embate, frente ao Estoril, agendado para o próximo sábado, às 11H00, no Estádio António Coimbra da Mota, na Amoreira.
O triunfo frente ao Cova da Piedade permitiu aos estudantes ultrapassar os “canarinhos” na tabela classificativa.
Agora com 24 pontos, a Briosa tem mais dois que o Estoril, pelo que o próximo jogo será entre dois adversários diretos na tabela.
Num campeonato competitivo e em que as surpresas acontecem com regularidade, os dados estatísticos de pouco valem na antevisão dos encontros, mas a verdade é que os dois conjuntos se vão defrontar em ciclos bem diferentes.
A Académica somou, este domingo, a quinta vitória consecutiva em seis encontros sob a “batuta” de João Carlos Pereira.
Já o Estoril vem de cinco derrotas consecutivas, a última delas na Covilhã, e que marcou a estreia de Pedro Duarte como treinador dos estorilistas.
O antigo treinador dos sub-23 do Estoril assumiu o comando técnico após a saída de Tiago Fernandes, que tinha assumido a equipa no início da temporada com o objetivo de subir de divisão.
Objetivos iguais, mas percursos diferentes. O Estoril entrou a perder as duas primeiras jornadas, mas depois seguiu-se um ciclo de oito jogos com sete vitórias e uma derrota pelo meio.
Já a Académica, que entrou na época a ganhar, teve depois um ciclo com 10 jogos e apenas uma vitória pelo meio.
A derrota com o Farense, à 10.ª jornada, marcou a despedida de César Peixoto e, desde aí, um percurso praticamente irrepreensível, manchado apenas com a estreia negativa em casa do Vilafranquense.

Notícia completa na edição impressa de hoje

One Comment

  1. Molhenorte says:

    Se fosse com com a Naval já tinham retirado 6 pontos?

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.