Sistema inovador de gestão de informação arqueológica testado em Proença-a-Nova

Posted by

Foto DR

Um engenheiro informático e também arqueólogo criou um sistema inovador de gestão de informação arqueológica que está a ser testado no campo arqueológico de Proença-a-Nova, anunciou hoje o município local.

O projeto-piloto deste ‘software’ foi criado por Gonçalo Ferreira, em 2012, em contexto académico e, em 2014, começou a ser desenvolvido no âmbito do campo arqueológico de Proença-a-Nova, no distrito de Castelo Branco.

“O Alcaide [nome dado ao sistema] permite o registo de informação produzida durante a execução de projetos de escavação arqueológica através de plantas geradas dinamicamente”, explica, em comunicado, o município de Proença-a-Nova.

A autarquia adianta que o sistema tem sido usado no registo das informações provenientes das escavações desde 2015, de modo a facilitar o trabalho de campo, nomeadamente na intervenção no Cabeço da Anta, no recinto muralhado do Chão do Galego, no Forte e Batarias e ainda no Castelo do Chão do Trigo.

“Os dados guardados podem ser consultados em tempo real por todos os utilizadores do sistema, quer estejam no local ou não. Permite ainda imprimir relatórios e exportar dados em formatos normalizados e segundo as normas internacionais”, lê-se na nota.

Apresentado publicamente em 26 de novembro, no Instituto Politécnico de Tomar, o “Alcaide 2.0” irá ser lançado oficialmente no início de 2020.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.